"

"

Sua Empresa Aqui

T-M Nutrição: Conheça a Dieta Paleo.

A maioria das pessoas quer emagrecer rapidamente e faz inúmeras dietas e regimes com controles de calorias, e etc. Além de ficarem frustradas pela grande ineficiência da maioria delas, muitas vezes ao invés de perder peso acabam “perdendo” saúde. Na minha experiência com a dieta Paleo (os resultados podem variar), a perda de peso (emagrecimento) é algo natural, simples e melhora a saúde e disposição.

Mas afinal o que é a dieta Paleo?

Quando estamos falando de Paleo não há um regime, ou um controle de calorias e etc. A simplicidade está em comer com qualidade e corretamente. Não ingerir o que é prejudicial a nossa saúde (anti-nutrientes, e doses altas de carboidratos que elevam e muito nosso nível de insulina no sangue). A dieta Paleo é  um hábito alimentar que se torna parte da nossa vida, e que produz resultados imediatos.

Quando estamos falando de Paleo não há um regime, ou um controle de calorias e etc. A simplicidade está em comer com qualidade e corretamente. Não ingerir o que é prejudicial a nossa saúde (anti-nutrientes, e doses altas de carboidratos que elevam e muito nosso nível de insulina no sangue). A dieta Paleo é  um hábito alimentar que se torna parte da nossa vida, e que produz resultados imediatos.

A Dieta é Simples

O que comer: Carne (incluindo órgãos como fígado, coração, etc), ovos, peixes, frango, vegetais, frutas, azeite de oliva, manteiga (não margarina).

O que evitar: Laticínios, grãos (trigo e derivados, soja e derivados), açucares, refrigerantes, cervejas e outras bebidas industrializadas com açucar, óleos industrializados, salgadinhos, pães, bolachas, óleos vegetais, milho. Feijão e legumes devem ser evitados também.

Então é bem simples: nosso corpo (genes) foi programado há milhares de anos para se alimentar de proteína (basicamente carne animal: bovina, aves, peixes, etc), e gordura de qualidade (animal, não processada) como principal fonte de energia!

Carboidratos demais, o perigo…

Carboidratos (açúcares) quando consumidos da maneira que a alimentação moderna “instrui” (açucar, sucos, adoçantes, refrigerantes, pães, trigo, salgadinhos, etc), além de fazerem com que o nosso corpo utilize-os como fonte de energia, pela quantidade que normalmente consumimos, o que não é utilizado ainda é armazenado como gordura em nossas células (para utilizarmos no futuro).

O problema é que nossa alimentação é constante com essa “dose alta” de carboidratos, então estamos sempre com níveis altíssimos de insulina no sange (o que já não é bom para nossa saúde), e nosso corpo além de sempre estar “engordando”, não queima esta gordura em excesso. É um ciclo terrível do ponto de vista da nossa saúde.

No momento que você pára de comer esses alimentos não recomendados, muitos com anti-nutrientes que são nocivos ao nosso organismo e fazem com que nosso corpo trabalhe diferente do que foi programado, a perda de peso e disposição vem rapidamente. Já conversei com pessoas que perderam mais de 10kg em 1 mês e meio, dois meses. Os resultados variam de pessoa para pessoa, mas nossa genética atesta em favor da eficácia da dieta Paleo. Meu treinamento tinha como foco aumentar minha massa magra e perdi 6kg em um mês.

“Nossos ancestrais tinham melhor saúde, melhor forma, e eram mais fortes do que somos”.

A gordura que acumulamos é o que nosso corpo é programado para utilizar como energia caso estejamos com necessitando. Na realidade, inclusive a fome muda quando passamos a nos alimentar de maneira correta, pois quando ingerimos quantidades altíssimas de carboidratos (açúcares), o corpo além de “queimá-los” rapidamente, também sentimos fome novamente em pouco tempo. Por isso que a ingestão destes açúcares passam um sentimento de saciedade  rápida. Quando você pára de ingerí-los, no início o corpo se ressente como em uma “crise de abstinência” (claro que em um sentido figurado). E muitas pessoas na primeira semana sentem uma vontade intensa de consumí-los. Mas em poucos dias passa, e o corpo se “reprograma” rapidamente a queimar gordura como fonte principal de energia. O resultado é emagrecimento com saúde, mais disposição, e por consequência uma melhora considerável do bem estar.

Diferente do que alguns pensam, a dieta Paleo não é simplesmente “contra” a ingestão de carboidratos (açúcares), até porque temos açucares em frutas, e como ingredientes de algum ou outro alimento que acabamos consumindo no dia a dia. Carboidratos devem ser consumidos de maneira moderada, não como fonte principal de energia e saciedade na fome.

A dieta paleo é o método mais saudável de alimentação porque é a única abordagem nutricional que funciona de acordo com nossa genética, nos ajudando a nos mater magros, fortes e cheios de energia! Pesquisas nos campos da biologia, bio-química, oftamologia, dermatologia e mutias outras disciplinas indicam que é a dieta moderna, cheia de comidas refinadas, gorduras trans e açucar,  como raízes de doenças degenerativas tais como obesidade, cancer, diabetes, doenças do coração, Parkinson, Alzheimer, depressão e infertilidade.

Paleo é controle e foco na alimentação de qualidade que não é focada em: laticínios, grãos e carboidratos. Focada no que nosso corpo foi “educado” a alimentar-se durante milhões de anos. Diferente dos regimes de controle de calorias nos quais as pessoas ficam presas, a dieta Paleo é aquela em que a pessoa se sente livre para alimentar-se bem, até ficar satisfeita e com tranquilidade. Tenha em mente que nosso corpo tem capacidade de criar glicose (açúcar) a partir da gordura e proteínas.

Normalmente uma regra 80:20 é ideal para os iniciantes na dieta Paleo, melhorando e evoluindo na direção da alimentação correta com o tempo. Sem radicalismos e extemismos os resultados são eficientes e diretos, sem regimes e imposições disto ou daquilo.

 ”Nossos ancestrais eram caçadores e Coletores, portanto se alimentavam de animais e plantas”.

Tenha em mente que nossos ancestrais não eram “obesos”, e não consumíam a gama de produtos industrializados que temos hoje, e ainda possuíam uma vida mais ativa, na qual a agilidade, energia, e disposição eram fatores fundamentais para a sobrevivência (eram basicamente caçadores e coletores, a agricultura tem “apenas” 10 mil anos).

Matéria Editada Por: Treino Monster
Imagens: Filme 10 Mil A.c
Fonte: http://www.eall.com.br/






0 comentários:

Postar um comentário


Tire Dúvidas: Chat Monster

 

Quanto Monster !!

Leitores Online

Arquivo do blog

Receba Notícias por E-mail

Parceiros Monster



Blogspot'. All rights reserved.
Themes by @RooSouza l Treino Monster l Desde 2011