"

"

Sua Empresa Aqui

Dica: Dor muscular indica crescimento ?

Praticamente todos os praticantes de musculação já sentiram as dores pós-treino que se seguem às sessões de treino com pesos, mas será a dor muscular tardia necessária ou ainda um indicador fiável do crescimento muscular?

A maioria dos praticantes de musculação acreditam que sim. Se ficarem doridos, pensam que tiveram um ótimo treino e que isso por sua vez irá proporcionar crescimento muscular.

Se não ficarem doridas, essas pessoas sentem que não fizeram o suficiente para provocar o crescimento muscular e mais tarde, procuram aplicar uma intensidade ainda mais elevada nas suas sessões de treino, recorrendo a técnicas de alta intensidade como drop-sets e rest-pause, de forma a sentirem mais dores musculares nos dias depois dos treinos.

No Pain No Gain, ou em português, Sem Dor Sem Ganho? certo? Bem, talvez na verdade isso não seja assim tão linear.



O que é a dor muscular tardia?

É basicamente o desconforto, rigidez ou dores musculares provocadas pela realização de atividades físicas que não se praticam de forma regular e que surge frequentemente após a realização de treinos com pesos e treino excêntrico, como acontece nos treinos de musculação, crossfit, etc.

Aparece no primeiro dia e atinge a sua intensidade máxima nos dois 2 dias seguintes, depois desaparece em 5-7 dias. Por isso, é chamada de dor muscular tardia (DMT) ou DOMS (em inglês… Delayed onset of Muscle Soreness).
O que provoca a dor muscular tardia?

Foram propostas muitas teorias, mas nenhuma conseguiu provar de forma conclusiva a causa da dor. A teoria atual vigente, tenta explicar a dor muscular tardia através de uma combinação de teorias.

O músculo e o tecido conjuntivo são danificados devido a forças elevadas, especialmente contrações excêntricas (significa baixar o peso na parte excêntrica do exercício).
A perda de Ca (cálcio) do músculo aumenta e a inflamação daí resultante agrava os danos.
Sensibilização e ativação dos receptores da dor para que causem mais dor e desconforto.
A dor muscular tardia é um indicador do crescimento muscular?
Deverá dar o seu melhor durante os treinos, mas não é realmente necessário aplicar técnicas de alta-intensidade em todos os seus exercícios e treinos para potenciar a dor muscular tardia.
Então, porque é que a dor muscular não significa crescimento muscular?

Os danos musculares não são necessários: O músculo pode crescer apenas com tensão e sem danos. A maioria das pessoas pensa que os danos são necessários para o crescimento muscular.

Certos receptores chamados “integrinas” são capazes de sentir a carga mecânica e ativar os caminhos necessários para a síntese de proteína e, consequentemente, o crescimento muscular (integrina de sinalização mediada). Assim sendo, mesmo que você não esteja dorido, pode muito bem estar a desenvolver mais massa muscular.

A dor não é um indicador do nível de danos: Você poderia ter provocado o mesmo nível de danos no músculo, mas com o tempo, os receptores de dor ficam menos e menos sensíveis com os danos. Dessa forma, você pode não sentir a dor, embora os danos ainda estejam presentes e talvez sejam até mais graves do que quando sentia dor. Por isso, a dor também não é um indicador confiável da magnitude das lesões musculares.

Mais dor não significa mais hipertrofia: Não importa a dureza ou intensidade com que você atinge os músculos ou quantas séries você faz, os níveis de síntese de proteína só podem ir até certo ponto. Por isso, mais dor não significa mais danos e síntese de mais proteínas e, portanto, não significa um maior crescimento da massa muscular.

Mais dor pode significar menos crescimento muscular: Ao contrário da síntese, a degradação de proteínas, por outro lado, vai aumentar à medida que aumentarem os danos musculares. Então, quando você estiver realmente dorido, isso também pode significar que você está a catabolizar mais músculo, o que por sua vez, significa que estará a perder e não a desenvolver mais massa muscular!

Crescimento muscular sem dor: As pessoas podem perfeitamente ganhar massa muscular sem sofrerem dores musculares tardias intensas. As séries com um número baixo de repetições raramente e dificilmente causam dor, mas os powerlifters que estão sempre a realizar séries com um número reduzido de repetições, têm praticamente tanta massa muscular como os culturistas.

Dores musculares intensas proporcionam pouco desenvolvimento muscular: As pessoas ficam muito doridas devido aos treinos de resistência, como o ciclismo e corrida ou a jogar pingue-pongue. Mas não desenvolvem uma quantidade apreciável de músculo em comparação com a musculação e powerliftin.



Conclusão

A dor muscular tardia não é um indicador confiável do crescimento muscular e não é realmente necessária para a hipertrofia muscular.

A dor muscular tardia apenas significa que você causou danos musculares que podem ou não resultar em crescimento muscular.

Matéria Editada Por: Treino Monster
Fonte: http://www.musculacao.net/








0 comentários:

Postar um comentário


Tire Dúvidas: Chat Monster

 

Quanto Monster !!

Leitores Online

Arquivo do blog

Receba Notícias por E-mail

Parceiros Monster



Blogspot'. All rights reserved.
Themes by @RooSouza l Treino Monster l Desde 2011