"

"

Sua Empresa Aqui

T-M Motivação: Um mundo chamado Meu.

A maioria das pessoas, vivem para comer. Eles apreciam a comida, o gosto e toda essa **. Eles comem fora sempre que querem. Sim, o que eu não daria para comer o que eu gostaria agora mesmo… Eu gosto de comer também. Quem não gosta? Mas eu tenho que comer para viver… estou comendo para conseguir algo. Eu não posso nem ver o que eu estou comendo agora, mas quer saber? Há algo confortante sobre ela – a regularidade, a consistência. Se há uma coisa que é foda regular na minha vida, é a comida. É como um relógio. Sigo um tempo definido para cada uma das seis refeições. Para cada refeição, eu sei o que estou comendo e quanto. As calorias, proteínas, gorduras, carboidratos… grama por grama.

O que é péssimo é que a variedade já era. Eliminei um monte de alimentos. É isso. Quer ouvir algo foda? Quando eu estou em dieta, eu como coisas que eu normalmente não gosto. É estranho. De qualquer forma, quando vou fazer compras de alimentos a cada semana, é uma fatia do bolo. (bolo… Ah **, lá vou eu sonhar de novo…) Quatro corredores, quatro itens. Uma coisa sobre as compras – eu sempre vou ao supermercado após uma refeição. Um erro grande é ir quando você está com fome… Então eu vou a cada semana, no mesmo dia, no mesmo horário.

Todo mundo me conhece, desde o gerente até os caixas. Eles me conhecem tanto que não fazem nenhuma pergunta. Ontem, quando eu estava lá, uma caixa nova me atendeu, uma menina bonita. Nunca tinha visto antes. Enfim, como eu tinha 7 caixas de ovos na mão, ela olha para cima, sorri e me pergunta: ‘Ei, você gosta de ovos, hein?’ Lá vem… Em minha mente, tudo se volta … Eu estou pensando sobre o quanto eu odeio os ovos. Mal posso vê-los. Como ela pode saber que eu quebro uma dúzia a cada manhã, removo as gemas e coloco as claras de volta na panela? À noite, antes de eu ir para a cama, a mesma coisa?! Ela não sabe… Ela não sabe como é difícil mandá-las goela abaixo. É como furar a minha garganta. Em várias ocasiões, eu mesmo as vomito de volta. Quando isso acontece, tenho que quebrar mais ovos e começar de novo. ‘Sim’ eu digo a ela. ‘Eu adoro’ e retribuo o sorriso. Como eu disse, isto não é viver para comer … E comer tanto ovo é um saco!”
Ainda assim, existem outras questões que vêm com a dieta … Como a paciência que você precisa ter para explicar por que você come as mesmas comidas, os mesmos alimentos durante semanas a fio. Veja, quando se parte para este esporte, a alimentação é a base, o alicerce. Você pode pagar suas dívidas e passar o tempo na sala de musculação, mas se você não tem sua dieta em ordem, você está apenas se enganando. A este nível, tudo tem que estar correto.


As pessoas passam a vida fazendo um monte de coisas para satisfazerem-se. É muito fácil comer o que querem, quando querem. Eles vivem a vida na superfície e não tentam ver abaixo dela. Quando os outros vêem uma fatia de pizza ou um hambúrguer, eles estão pensando em como o gosto é bom. Eles estão procurando por satisfação, gratificação. Para mim, quando eu vejo comida, eu vejo duas coisas e nada mais. Eu vejo tijolos e vejo **. Cada boa comida que eu como, bem, é outro tijolo na ** desta casa que estou construindo. Eu sabia que precisaria ter muitos tijolos e muito tempo. Mas, se eu comer aquele hambúrguer ou beber a cerveja, bem, então eu estou comendo **. É simples: Você não pode construir uma casa feita de ** e acreditar que conseguirá enfrentar a chuva. Na primeira gota d’água, você está ferrado. Então, cada vez que vejo um pedaço de comida eu me pergunto, eu estou construindo ou derrubando? A minha casa de resistir a qualquer tempestade ou vai desmoronar facilmente? Enfim, eu acho que estou começando a entrar na mente dela. Acho que ela está começando a entender.
Eu estou comendo comida que tem gosto de **. E eu estou comendo quatro vezes ao dia, todos os dias. Estou tomando comprimidos e misturando pós. E eu nem sequer falei sobre a academia ainda, o cardio. Toda esta dedicação e sacrifício e para quê? Para que eu possa ficar grande? Para poder ver meu melhor em uma noite do ano, sob as luzes brilhantes? É por isso que eu tenho que aturar esse monte de **. Olhares, insolência, perguntas constantes. Quem quer ser tratado como um cidadão de segunda classe, como um desajuste social ou aberração genética? Em minha mente, eu penso no monstro de Frankenstein… Eu vejo pessoas com aquele olhar de medo, aversão, repulsa. Será que vale a pena? Claro, pô! Sempre. Eu não trocaria isso por nada no mundo. Eu tenho que fazer o que eu sei que nasci para fazer. Portanto, se alguém quiser me perseguir com suas tochas, que assim seja. **, eu tenho os fósforos, vamos botar fogo nisso.”

Frank McGrath a Jornada.




Matéria Editada Por: Treino Monster
Fonte do Texto: http://maisumasarada.forumotion.com/

0 comentários:

Postar um comentário


Tire Dúvidas: Chat Monster

 

Quanto Monster !!

Leitores Online

Arquivo do blog

Receba Notícias por E-mail

Parceiros Monster



Blogspot'. All rights reserved.
Themes by @RooSouza l Treino Monster l Desde 2011