"

"

Sua Empresa Aqui

T-M Nutrição: Anvisa muda regras nos rótulos dos alimentos.

As informações como “light”, “rico em”, “fonte de” e “não contém” deverão possuir novos critérios a partir de janeiro de 2013. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), determinou que as novas regras tem como objetivo ajustar os regulamentos do Brasil com o Mercosul. No caso da expressão light, a palavra só poderá ser vinculada nas embalagens se o produto conter redução de algum nutriente em comparação com a versão tradicional e não apenas quando possuir baixo teor de qualquer nutriente.

Para ser considerado rico em alguma proteína, o alimento deve atender a um critério mínimo de qualidade. Além disso, para que um produto exiba ‘sem açúcar’ no rótulo, não deve possuir mais do que 0,5 gramas de açúcares em 100 gramas ou 100 mililitros do alimento. A partir de 2014, essas informações deverão ser estipuladas com base na porção do alimento. Sem contar que com a nova regulamentação vai existir novas alegações nutricionais, sendo elas: ‘não contém gorduras trans’, ‘fonte de ácidos graxos ômega 3’, ‘alto conteúdo de ácidos graxos ômega 3’, ‘fonte de ácidos graxos ômega 6, 'alto conteúdo de ácidos graxos ômega 6’, ‘fonte de ácidos graxos ômega 9’, ‘alto conteúdo de ácidos graxos ômega 9’ e ‘sem adição de sal’. 

Segundo a Anvisa, todos os esclarecimentos e advertências devem seguir o mesmo tipo de letra da alegação, com pelo menos 50% do seu tamanho e de cor contrastante ao fundo do rótulo. Assim, a insituiçao pretende  garantir a visibilidade e legibilidade da informação.

Matéria Editada Por: Treino Monster
Fonte:http://www.educacaofisica.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário


Tire Dúvidas: Chat Monster

 

Quanto Monster !!

Leitores Online

Arquivo do blog

Receba Notícias por E-mail

Parceiros Monster



Blogspot'. All rights reserved.
Themes by @RooSouza l Treino Monster l Desde 2011